Há mais de oito décadas, o Clube do Remo é referência em prática esportiva e convívio social em Cataguases. Em principio, seus principais esportes seriam: natação, tênis, patinação, basquetebol, voleibol, futebol e remo, esporte que batizaria a agremiação, praticado por alguns anos de uma margem do Rio Pomba à outra, época em que uma balsa era mantida e onde também se praticava o velejamento de barcos.

Fundado no dia 12 de outubro de 1927, em uma assembléia de sócios da qual participaram personagens ilustres da cidade, entre eles Afonso Dias Lana, Antônio Henriques F. Fonseca, Antônio Lobo de Rezende Filho, Aurélio Augusto de Souza, Aurélio Tâmega, Domingos Fernandes Tostes, Gabriel Monteiro Ribeiro Junqueira, Genaro Ceribelli, Homero Cortes Domingues, Jarbas Cortes Domingues, Jorge Dias Pena, José de Almeida Kneipp, José Del Peloso, José Dias Lana, José Reis, José Soares Moreira, Jovelino Santos, Manoel Ignácio Peixoto, Nelson Soares Dutra, Telêmaco Augusto de Souza, Vanor Ribeiro Junqueira e Walter da Rocha Werneck. Registrado como Sociedade Civil no Livro de Registro Civil, em 25 de outubro de 1929, sob o nº 93, com o capital inicial de 75 contos de réis.

Nesta mesma reunião foi aprovado o Estatuto e eleita a sua primeira diretoria, que administraria o Clube por dois anos, ficando composta por Vanor Ribeiro Junqueira, como Presidente, José Soares Moreira, Vice-Presidente, Secretário-Geral,  Jorge Dias  Pena; 1º Secretário, Walter da Rocha Werneck; 2º Secretário, José Reis; 1º Tesoureiro, Manoel Ignácio Peixoto;  2º  Tesoureiro, Jarbas Cortes Domingues. O Conselho Fiscal ficou constituído com Dr. Antônio Lobo de Rezende Filho, Jovelino Santos, Telêmaco Augusto de Souza, Aurélio Tâmega, Antônio Henriques Felippe Fonseca, Genaro Ciribelli, José de Almeida Kneipp, Nelson Soares Dutra, Domingos Fernandes Tostes e  Gabriel Monteiro Ribeiro Junqueira.